Skip to main content
Marta Peral Ribeiro

Marta Peral Ribeiro
– Consultora de Comunicação –

O E-commerce chegou à plataforma da Inspiração

Muito mais do que uma fonte de inspiração e entretenimento, o Pinterest tem interessado aos profissionais do marketing, que cada vez mais reconhecem o seu potencial como meio de captar visibilidade e de efetivar o comércio eletrónico.

O Pinterest, por sua vez, facilitou o processo erguendo a ponte entre o consumidor e as marcas: o Pinterest Business.

Marta Peral Ribeiro
– Consultora de Comunicação –

O E-commerce chegou à plataforma da Inspiração

Muito mais do que uma fonte de inspiração e entretenimento, o Pinterest tem interessado aos profissionais do marketing, que cada vez mais reconhecem o seu potencial como meio de captar visibilidade e de efetivar o comércio eletrónico.

O Pinterest, por sua vez, facilitou o processo erguendo a ponte entre o consumidor e as marcas: o Pinterest Business.

O Pinterest apresenta-nos alguns dados, relativos a 2020:

  • Existem mais de 450 milhões de utilizadores ativos que consultam mensalmente o Pinterest para se inspirarem para compras ou projetos futuro.
  • 80% dos utilizadores semanais descobriram uma nova marca ou um produto nesta plataforma
  • Ao verem Pins (imagens) de marcas, 85% dos utilizadores decidiram comprar.
  • Apesar de o público-alvo da plataforma ser maioritariamente feminino (60%), o público masculino continua a aumentar todos os anos.
  • Os utilizadores têm em média menos de 40 anos e apresentam poder de compra, sendo crescente o público mais jovem (cerca de 16-24 anos).

O contexto

A grande migração digital, sobretudo desde 2020, tem tornado a internet um lugar mais interessante: além de ser a nossa fonte favorita de pesquisas e de entretenimento, passou a ser um canal de comércio.

As redes sociais, em especial, são um ponto de encontro entre consumidores e marcas: as marcas devem estar onde o seu público está. Assim, à semelhança do Facebook, Instagram, Youtube, LinkedIn, TikTok, entre outros, também o Pinterest se revelou um espaço de e-commerce.

Pinterest: a inspirar desde 2010

pinterest pins preview

Cada rede social tem um objetivo.

O do Pinterest sempre foi o de inspirar os utilizadores através de múltiplas imagens (“Pins”), segmentadas em painéis de inspiração, sobre qualquer tópico que nos possa ocorrer: receitas, decoração, moda, lifestyle, animais, educação, crafts, arte, cultura, DIY, etc.

Cada imagem inclui uma hiperligação para o website que lhe deu origem, caso o utilizador queira aprofundar o tópico relacionado com o Pin. Caso o utilizador tenha criado conta, e à semelhança das outras redes sociais, os conteúdos apresentados terão por base as suas preferências – as imagens que ele clicou e guardou e os temas que pesquisou.

Como é que tudo isto representa uma oportunidade para as marcas?

Pinterest Business – a App ao serviço das marcas

1. Os ingredientes para uma receita de sucesso

O impacto visual

A visão é o sentido mais apurado na hora de comprar, ou não fossemos seres essencialmente visuais. Sendo o Pinterest por excelência uma rede com foco na imagem, capta naturalmente o interesse dos consumidores.

Gráfico: somos visuais

Para todos os segmentos

No espectro tão abrangente de temas que os consumidores pesquisam no Pinterest, a probabilidade de encontrar a sua audiência ou parte dela nesta rede é elevada. Assim, qualquer negócio, independentemente da sua dimensão ou segmento de mercado, tem um lugar no Pinterest.

Tráfego orgânico e pago

A visibilidade e consciência de marca são uma certeza, pois a plataforma identifica os interesses dos utilizadores e vai exibir-lhes os pins ou anúncios mais relevantes, de forma personalizada. Como cada Pin tem um link associado ao website ou loja online de origem, o tráfego flui também para estes canais.

Predisposição para comprar

Por norma, os utilizadores consultam o Pinterest para encontrar imagens apelativas e organizadas em álbuns temáticos, porque têm a intenção de comprar algo novo ou iniciar um novo projeto. Existe, portanto, uma predisposição para receber novas ideias e novos produtos, o que traz vantagem às marcas.

Aumento do Retorno de Investimento (ROI)

Segundo o Neustar, comparativamente às redes sociais, os anúncios nesta plataforma obtêm o dobro do ROI, especialmente na indústria do retalho, comparativamente a outras plataformas de social media.

Comunidade

Algo que se pode encontrar nesta App é uma série de recursos e uma comunidade para que os criativos de qualquer área possam interagir e crescer.

2. Diferenças entre o Pinterest pessoal e o de negócios

A ideia original mantém-se: criar painéis de imagens inspiradoras, organizadas por categorias, com um link no Pin que remete para um website. Mas no caso das marcas, surgem outras funcionalidades:

O botão «Comprar»

A conta empresarial apresenta um separador específico, “Comprar”, o que serve de atalho para os produtos e torna a compra mais rápida.

perfil salsa jeans pinterest

Fonte: Salsa Jeans Pinterest

Quando a funcionalidade estiver totalmente integrada em terreno nacional, o Pin poderá surgir com pontos brancos que especificam imediatamente o produto e valor, como aqui:

gif-Visual-search-shopping-on-PinsFonte: Salsa Jeans Pinterest
sinal de vendedor verificado no pinterestFonte: Pinterest

Distintivo oficial

As marcas poderão obter o selo azul de comerciante verificado, que além de destacar a marca também transmite maior fiabilidade e potencia as vendas na App. No entanto, esta certificação pressupõe alguns critérios – entre eles, evitar qualquer tipo de SPAM.

Gestão de anúncios

É possível medir o desempenho da campanha analisando certas métricas, nomeadamente:

  • A taxa de impressões (quantas vezes é que os pins foram vistos);
  • A taxa de cliques para o website (cliques na hiperligação de origem);
  • O número de Closeups (vista detalhada do Pin);
  • O grau de engagement (pins guardados ou vistos em detalhe, cliques na hiperligação, pins partilhados).

example of impressions, saves and link clicks of last 90 days

example of total impressions, total enegagement and total audience

Fonte: Pinterest

Pinterest Analytics

pinterest analytics at computer

Fonte: Pinterest

O Pinterest Analytics permite avaliar:

  • Quais foram os conteúdos que obtiveram melhor performance (impressões e interações), sejam pins ou anúncios pagos;
  • O tráfego e o grau de engagement, através da análise da atividade gerada pelos pins (que remetem para o website);
  • A evolução da página ao longo dos meses, incluindo a quantidade de seguidores e a taxa de conversão;
  • Quem é a sua audiência: o público é maioritariamente feminino ou masculino? Que idade têm? São portugueses? Quais são os seus interesses?

Esta análise aprofundada permite conhecer melhor a sua audiência e, assim, aprimorar a estratégia de comunicação e marketing, elaborando campanhas direcionadas para esse público.

Tipos de Pins

Pins normais

  • Os pins mais comuns têm uma imagem vertical, idealmente na proporção de 2:3 (1000 x 1500 píxeis) para poder ocupar o máximo de espaço de ecrã.
  • As imagens de alta qualidade aumentam a possibilidade de a marca se destacar no feed dos visitantes.

Pin de vídeo

  • Assim como nas redes sociais, o formato de vídeo capta de imediato a atenção dos utilizadores. Um anúncio de 6 a 15 segundos, com uma mensagem concisa, é o ideal.
  • O tamanho do anúncio deve ser máximo (disponível para anúncios pagos), para se expandir no ecrã do smartphone.
  • Como nem todos os utilizadores têm o som ligado, é conveniente que haja um texto ou legendas a descrever o vídeo.
  • O vídeo deve conter uma imagem principal apelativa e relacionada com o tópico do vídeo.
  • Uma descrição concisa do vídeo facilita a jornada do utilizada (título: até 100 caracteres; descrição: até 500 caracteres)

Coleções

salsa colections on pinterestFonte: Salsa Jeans Pinterest

Carrossel

  • À semelhança do Instagram, por exemplo, são as imagens que podemos percorrer num mesmo Pin, deslizando horizontalmente. Este formato capta mais a atenção – quem resiste a ver várias perspetivas do mesmo produto?

10 maneiras de otimizar a conta Pinterest Business

O Pinterest para empresas está em desenvolvimento, pelo que, neste momento, nem todas as funcionalidades aqui descritas estão disponíveis em Portugal.

Ainda assim, vale a pena as marcas estarem preparadas quando for possível utilizar plenamente todos os recursos desta plataforma em ascensão – o que não há de tardar muito.

1.     Definir objetivos

Identificados os objetivos da empresa relativamente à integração do Pinterest na estratégia de marketing, há ações que se podem desenvolver:

  • Obter visibilidade sobre a marca/produto/serviço;
  • Obter mais tráfego, direto ou indireto (fora do Pinterest);
  • Desenvolver campanhas online;
  • Desenvolver o email marketing;
  • Criar uma ponte para a loja física.

2.     Quem é o seu público-alvo?

Caso a marca já tenha outros canais de comunicação, seja o website ou outras redes sociais, possivelmente já tem uma noção de quem é a sua audiência (idade, género, posição profissional, preferências e hábitos).

Mas o próprio Pinterest Analytics fornece informação sobre os seguidores. Quanto melhor conhecer o seu público, mais segmentados podem ser os conteúdos a apresentar.

3. Criar perfil empresarial

Criar conta no Pinterest Business é rápido e simples. É possível criar uma conta de raiz ou, em havendo já uma conta criada, associar uma conta empresarial. Quanto mais apelativa for a narrativa da marca, mais interesse vai captar por parte do visitante.

criar conta business inicio

4. Criar Pins

É hora de criar Pins que promovam a marca e os seus produtos.

  • As imagens devem ser apelativas, claras, conter um título marcante (até 100 caracteres) e uma descrição (até 500 caracteres) objetivos, para que o utilizador o encontre facilmente quando pesquisar.

descrição dos pins

  • Para pessoas reais: Mais do que mostrar os produtos um a um, dê-lhes alma: importa que os visitantes «visualizem» como é que vão ficar com os produtos. Ao usar imagens dos produtos projetados em situações realistas, como algo que faz parte do lifestyle, ajuda o utilizador a concretizar a ideia do que será tê-los em sua posse:
decathlon post on pinterestFonte: Decathlon Pinterest

 

  • Logo da marca: Cada imagem (pin) deve conter o logo da marca, garantindo que fica visível (o ícone do Pinterest integra obrigatoriamente as imagens).
  • Pense mobile: Uma boa parte dos utilizadores do Pinterest acedem à App através dos smartphones, por isso é necessário ter esse aspeto em consideração ao construir conteúdo para e-commerce. Além do tamanho das imagens, é importante garantir que a informação do título, da descrição e do copy (sobreposição de texto na imagem) é clara e concisa, para que fique legível.
  • Garantir o fluxo das ligações: É fundamental garantir que os links associados aos Pins estão a funcionar devidamente. Não há nada mais frustrante para o utilizador do que clicar no produto para o analisar ou comprar e não conseguir por constrangimentos tecnológicos.
  • Hashtags: Ao atribuir hashtags aos produtos, os utilizadores terão mais facilidade a encontrá-los nas pesquisas que fazem:
decathlon post on pinterestFonte: Decathlon Pinterest

5. Ícone do Pinterest na homepage

É fundamental que haja, no website da marca, um botão que remeta para o Pinterest. A possibilidade de ver os produtos no Pinterest, que é inerentemente um espaço de inspiração, torna-os muito mais atrativos.

O Pinterest disponibiliza também todos os seus materiais oficiais para que as marcas possam comunicar com mais qualidade.

6. Criar anúncios

Depois de identificar quais foram os pins que obtiveram melhor performance, promova-os através dos anúncios e álbuns personalizados para o Pinterest. Ao patrocinar um Pin pode especificar o público-alvo e avaliar os resultados da campanha, o que gera maior alcance dos produtos e, claro, mais vendas.

7. Manter o foco

O Pinterest serve sobretudo para projetar ideias. Ao criar conteúdos, deve ser esse o foco: como é que os conteúdos podem ajudar os consumidores a investirem em algo bom para si mesmos? Como podem ajudar a planear o seu futuro?

8. Email marketing

Através do email marketing, bem como subscrições, é possível aumentar a conversão de utilizadores em compradores.

9. Sondar o mercado

Sendo o Pinterest um espaço de inspiração, por que não procurar o que outras empresas do mesmo segmento de mercado estão a fazer?

10. Tendências – Pinterest Predicts

Ainda que esteja ainda em aberto, o Pinterest prevê algumas tendências, o que ajuda as marcas a prepararem a sua estratégia de comunicação.

Por exemplo, uma das tendências é a redução de maquilhagem em prol de um aspeto mais natural. Esta previsão pode sugerir às marcas que publiquem conteúdos educativos sobre como realçar a beleza natural ou quais os melhores produtos para uma maquilhagem minimalista

Pinterest e Instagram

Pergunta: Que plataformas utiliza para procurar informação sobre produtos e marcas?

graphicFonte: Global Web Index Q4 2020

Segundo o Global Web Index, muitos utilizadores procuram cruzar informação que captam noutros meios, nomeadamente no Instagram (60%) e no Facebook (51%).

Ou seja, um utilizador que descubra algum produto ou marca no Instagram ou no Facebook tem tendência a aprofundar sobre esse produto através do Pinterest e vice-versa.

Assim, entrosar os conteúdos entre as plataformas aumentará a visibilidade da marca.

Conclusão

Os números, as tendências e a grande era do e-commerce não deixam qualquer margem para dúvidas. Já lá vai o tempo em que o Pinterest era apenas uma plataforma para nos inspirar com imagens bonitas.

O Pinterest Business chegou e liga, cada vez mais, os consumidores às marcas.